MUNTCHAKO

SINGLES


Young o’ Brien

Ilustração Capa: Rafo Castro

"Quem tem o futebol como cultura e não apenas como esporte não pode deixar de notar que a atual seleção Francesa é feita majoritariamente de negros. Apesar do racismo crescente no mundo, os franceses, culturalmente falando, adotaram a cultura do mundo como sendo a cultura francesa. Para quem tem a música como vida e não só como entretenimento, ouvir “Young o’ Brien do Muntchako” traz a mesma sensação de que, culturalmente falando, a miscigenação dominou o mundo. ”Young O’ Brian” traz ecos da música latina, do high life africano, do wah wah a lá Hendrix, dos orgãos afro beateanos, das pancadas de grave do dub step. Tudo isso junto e misturado. Como bem dizem os rapazes: 'Só som salva!'" (Lucas Santtanna)






Cardume de Volume
Feat. Deize Tigrona

Ilustração Capa: Cláudius Ferigato

"Fusión sudaka!! Toda la energía de las grandes ciudades de Río y Buenos Aires están juntas en ésta canción. La música nos transporta a lo mas glamoroso de esas ciudades y también a todo lo que existe por debajo, al under que le dio origen y sentido al tango y al funk carioca. El sonido se mueve entre lo tribal y los elementos contemporaneos que generan una mezcla de timbres, sonidos y sensaciones únicas. Delicado y con mucho power. Un cardumen de colores, que viene del mar, que viene del puerto." (Mauricio Candussi - Duo Filândia)





Coqueirinho Verde - Muntchako

Ilustração Capa: Daniel Vincent

"O Planalto Central emite novos sons! Grooves ácidos se unem a texturas espaciais conduzindo os ouvintes por um universo rítmico onde as mais diversas influências nos transportam por ambientes imprevisíveis e cenários vertiginosos. O trio mergulha em rios sonoros que fluem pelas guajiras latino americanas, passando pelos batuques que ecoam nos interiores de Gana, desaguando num oceano de possibilidades híbridas, apontando para uma música que desafia conceitos e dispensa rótulos”. (Arthur Pessoa - Cabruêra)





 

Voltar